Crazy777

Redução da tarifa de energia aumentará competitividade da indústria

CNI avalia que medida anunciada pela presidente Dilma Rousseff diminuirá o custo do produto brasileiro e beneficiará a população

A redução da tarifa de energia elétrica é um passo importante para diminuir o custo Brasil, aumentar a competitividade da indústria e favorecer o crescimento da economia brasileira.  A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que considera positiva a medida anunciada pela presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira, 6 de setembro.

Conforme a CNI, a energia é um dos principais insumos da indústria. Por isso, a decisão do governo vai alterar a estrutura de custos das empresas e pode fazer com que a energia elétrica volte a ser uma vantagem competitiva do setor produtivo.

Atualmente, sem a redução anunciada pela presidente, o custo médio da  tarifa de energia elétrica para a indústria no Brasil é de R$ 330 por megawatt/hora,  o quarto valor mais alto do mundo,  atrás apenas do cobrado na Itália, na Turquia e na República Tcheca. A tarifa no Brasil é  o triplo da dos Estados Unidos e Canadá e o dobro da cobrada na China, Coreia do Sul e França.  Além disso, quase metade da tarifa brasileira é formada por encargos e tributos.

Para a CNI, a redução da tarifa diminuirá o custo dos produtos brasileiros e, o mais importante, beneficiará a população.

Relacionadas

Leia mais

Dois terços das indústrias têm prejuízos com falhas no fornecimento de energia elétrica, diz pesquisa da CNI
88% dos brasileiros consideram os preços de energia elétrica altos ou muito altos
Fiems e CNI realizam em Dourados curso do PDA sobre redução de energia elétrica

Comentários

Crazy777 Mapa do site