doradobet

Falta de confiança é disseminada na indústria, informa CNI

Pesquisa de Índice de Confiança do Empresário Industrial foi divulgada pela Confederação Nacional da Indústria nesta quarta-feira (19)

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) registrou 37,1 pontos em agosto e se manteve praticamente estável em relação a julho. No entanto, o indicador está 18,6 pontos abaixo da média histórica e 9,4 pontos inferior ao de agosto de 2014, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira (19). O ICEI varia de zero a cem pontos. Valores abaixo de 50 indicam falta de confiança dos empresários.

Conforme a pesquisa, o pessimismo dos empresários está disseminado por todos os segmentos e portes de indústrias. Entre os segmentos industriais, o de transformação está com a maior falta de confiança, com 36,8 pontos em agosto. O segmento da construção registrou 37,3 pontos e a indústria extrativa, 40,2 pontos. Em relação ao porte das indústrias, as pequenas sinalizaram 35,8 pontos, as médias, 36,8 pontos, e as grandes, 37,8 pontos. Quanto mais afastados dos 50 pontos, maior e mais disseminada é a falta de confiança.

Tanto o indicador em relação às condições atuais como o sobre as expectativas para os próximos seis meses se mantém abaixo da linha dos 50 pontos. Enquanto o indicador de condições atuais registrou 28,1 pontos, o de expectativas assinalou 41,5 pontos.

Esta edição do ICEI ouviu, entre 3 e 13 de agosto, 3.088 empresas de todo o país. Dessas, 1.224 são pequenas, 1.155 são médias e 709 são de grande porte.

SAIBA MAIS - Acesse a página do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) para todos os detalhes da publicação.

Relacionadas

Leia mais

5 serviços da Rede CIN para ajudar a sua empresa a conquistar o mercado internacional
IEL lança página oficial no Facebook
Exportações começam a reagir à desvalorização do câmbio

Comentários

doradobet Mapa do site